Pink Floyd ao vivo durante primeiro pouso do homem na lua; ouça

Quatro anos antes de explorar o “lado escuro da Lua”, o Pink Floyd participou ao vivo da histórica transmissão da chegada da Apollo 11 ao satélite, a primeira vez em que seres humanos pisavam fora de seu planeta.

First-Pig-on-the-Moon-Dest

PARA COMEMORAR ESSE MARCO CIENTÍFICO que precisamente hoje completa 50 anos, relembramos um artigo publicado por David Gilmour no jornal britânico The Guardian há exatos dez anos, por ocasião da efeméride de quatro décadas do feito:


 

Minha “jam session” do pouso na lua

[N.T. jam session = músicos improvisando – e criando – uma canção sem nenhum ensaio prévio]

DAVID GILMOUR

Nós [Pink Floyd] estávamos em um estúdio de TV da BBC tocando no pouso. Foi uma transmissão ao vivo, e havia um painel de cientistas de um lado do estúdio, conosco do outro. Eu tinha 23 anos.

Moonhead-Pink-Floyd

A programação era um pouco mais livre naqueles dias, e se um produtor de um programa de madrugada assim desejasse, eles fariam algo um pouco excêntrico. Curiosamente, eu nunca ouvi isso desde então, mas está no YouTube. Eles estavam transmitindo o pouso na lua e pensaram que, para dar um tempo, eles nos mostrariam tocando. Foi apenas cerca de cinco minutos de duração. A música se chamava “Moonhead” [trad.: cabeça de lua] – é um blues de 12 compassos agradável, atmosférico e espacial.

 

Lembro-me também de estar na época em meu apartamento em Londres, olhando para a lua e pensando: “Há, de verdade, pessoas em pé lá em cima”. Isso me convenceu poderosamente, que você poderia estar olhando para a lua e haveria pessoas em pé sobre ela.

 

Na época, o Pink Floyd estava indo muito bem. Por um tempo, a banda tinha estado um pouco errática e sua reputação estava afundando. Eu me juntei em 1968, 18 meses antes do pouso na lua. A essa altura, começávamos a subir de novo.

 

Foi fantástico pensar que estávamos lá compondo uma música, enquanto os astronautas estavam na lua. Não parece concebível que isso aconteceria hoje em dia na BBC.

 

Ouça: 

(não há registros conhecidos em vídeo)

Clique no botão e inscreva-se em nosso canal:

 

 

Isso não teve um impacto significativo no nosso trabalho posterior. Eu acho que na época Roger [Waters], nosso letrista, estava olhando mais para dentro, indo para o espaço interior da mente e da condição humana. E acho que esse foi o fim da nossa exploração no espaço sideral.

 

Nós não compomos nenhuma canção a partir da “jam session”. Nós fizemos, em certas ocasiões, música ao vivo que seria uma espécie de “jam session”; que teria alguma estrutura que nós mesmos organizaríamos. E eu já ouvi documentários em que reconheço minha música. É muito estranho estar assistindo a um documentário e ouvir algo que você sabe que é você mesmo, mas você não tem nenhuma lembrança de quando ou como você fez aquilo.

 

Eu nunca esqueci “Moonhead”, no entanto. Afinal, não é difícil lembrar exatamente onde eu estava.

 

• “Moonhead” foi transmitida às 10 da noite de 20 de julho de 1969.

David-Gilmour-Guardian-02-07-2009

FacebookTwitterGoogle+PinterestCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *